Projeto Formar Igrejinha conquista reconhecimento do Tribunal de

O Programa de Qualificação Profissional Formar Igrejinha nasceu com o propósito de gerar transformação social em famílias em situação de vulnerabilidade econômica. Através da capacitação de mão de obra e qualificação, a iniciativa visa conduzir os participantes ao caminho da autonomia financeira e deve atingir 600 pessoas em 2018. Agora, o programa recebeu reconhecimento do Tribunal de Contas da União (TCU).

Na semana passada, uma equipe do TCU veio para Igrejinha conhecer de perto o Formar, tendo em vista que a iniciativa obteve boa classificação no programa Progredir do Ministério do Desenvolvimento Social. As auditoras Viviane Espíndola e Sandra Pacheco foram recebidas pelos coordenadores do projeto Josué Francischetti e Marissane Foscarini, e participaram de reunião de equipe e também acompanharam a realização de um curso na prática. Elas, destacaram o pioneirismo do Formar na região e o classificaram como um projeto embrionário, que pode ser aperfeiçoado e gerar grande impacto social às famílias.

"Esta é uma iniciativa inédita e que tem grande efetividade, pois promove uma melhora de vida real na vida dos participantes. Por isso foi muito gratificante receber a visita e reconhecimento do TCU. Queremos mostrar que a Assistência Social trabalha como um guarda-chuvas, acolhendo todas as pessoas e possibilitando que elas se insiram na comunidade da melhor forma e com a maior autonomia possível", destacou o coordenador de Desenvolvimento Social, Josué Francischetti

O programa Progredir, vinculado ao Governo Federal, é um plano de ações para gerar emprego e renda e promover a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único. O plano reúne qualificação profissional, apoio ao empreendedorismo e encaminhamento ao mercado de trabalho a fim de fortalecer as capacidades individuais e gerar independência socioeconômica.

Mais sobre o Formar Igrejinha

O Formar Igrejinha é realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação e conta com a parceria do SENAC, CDL, SINE, SENAR, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, CRAS, CREAS, Conselho Tutelar, Câmara de Vereadores, Unialcance e Arte da Beleza. Para 2018, estão previstos os cursos de Técnicas Básicas de Costura, Excelência no Atendimento para Garçom, Técnicas Básicas para Design de Sobrancelhas, Camareira, Artesanato de Bonecos de Pano, Liderança e Desenvolvimento de Equipes, entre outros. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria, na rua Balduino Geis, 25, ou pelo telefone 3545 8340.